Contexto

Preservar e restaurar florestas é fator crítico para evitar as alterações climáticas mais perigosas e alcançar metas globais. De acordo com o último relatório do IPCC (cerca de 10% das emissões globais de gases efeito estufa estão ligados ao desmatamento; e até 20% de todo o potencial de redução está associado ao setor de utilização da terra. As florestas também são extremamente importantes para a segurança alimentar, a segurança da água e dos meios de subsistência, de modo que a conservação e restauração das florestas ocupam um lugar destacado nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (SDGs – Sustainable Development Goals) aprovados pelas Nações Unidas em 2015.

Cadeias de abastecimento sem desmatamento são críticas para um reduzido desenvolvimento de emissões. Com a previsão da população mundial chegar a 9 bilhões até 2050, estima-se que serão necessárias 70% mais calorias de alimentos, e a demanda por produtos de madeira também continuará a aumentar. Ao longo das últimas décadas, o atendimento da crescente demanda por alimentos e bens de consumo, muitas vezes, ocorreu às custas das florestas, tendo a agricultura comercial como a principal causa do desmatamento tropical.

Nos últimos anos, esta questão gerou um nível de compromisso sem precedentes para deter o desmatamento impulsionado pelas commodities de nações, empresas, povos indígenas e outras organizações, atingindo metas ambiciosas de reflorestamento e restauração florestal. A Tropical Forest Alliance 2020 (TFA 20202) foi desenvolvida para ajudar a alcançar estes compromissos através de colaborações público-privadas dedicadas.

 

Nossa Missão

O Tropical Forest Alliance 2020 (TFA 2020) é uma parceria público-privada global na qual os parceiros adotam ações voluntárias, individualmente e em conjunto, para reduzir o desmatamento tropical associado ao abastecimento de commodities como óleo de palma, soja, carne, polpa e papel. Agindo desta forma reduzem-se significativamente as emissões globais de gases de efeito estufa, melhoram os meios de vida de milhões de pequenos agricultores, conservam-se os habitats naturais e protegem-se as paisagens tropicais para as gerações futuras. Trata-se de um aspecto-chave da promoção de um desenvolvimento econômico rural inclusivo e sustentável e nos países com florestas tropicais.

O TFA 2020 detém uma posição única para fomentar colaborações intersetoriais baseadas no entendimento comum e cada vez mais aprofundado das barreiras e oportunidades associadas às cadeias de suprimento sem desmatamento. Seu maior oferecimento é a parceria com campeões de economias globais e locais que não requerem desmatamento, demonstrando cadeias de suprimentos sustentáveis como caminhos eficazes para uma economia melhor e para a realização dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (SDGs).

O TFA 2020 e seus países parceiros, empresas e organizações da sociedade civil trabalham em conjunto para:

  • Melhorar o planejamento e gerenciamento relacionados à conservação de florestas tropicais, uso de terras agriculturáveis e posse da terra
  • Compartilhar as melhores práticas para a conservação de florestas, ecossistemas tropicais e produção de commodities, incluindo trabalho com pequenos agricultores e outros produtores na intensificação da agricultura sustentável, promover o uso de terras degradadas e de reflorestamento
  • Fornecer experiência e conhecimentos para assistir no desenvolvimento de mercados de commodities e de commodities processadas que promovam a conservação de florestas tropicais
  • Aprimorar o monitoramento do desmatamento tropical e degradação florestal para medir seu progresso

 

Nossa História

A Tropical Forest Alliance 2020 foi fundada em 2012 na Rio+20 após o Fórum de Bens de Consumo (CGF – Consumer Goods Forum) comprometer-se em 2010 a zerar até 2020 o desmatamento líquido para as cadeias de suprimento de óleo de palma, soja, carne, polpa e papel.

O CGF se associou ao governo dos EUA para criar uma aliança público-privada com a missão de mobilizar todos os atores para colaborarem na redução do desmatamento tropical para a produção de commodities. Como suporte aos compromissos assumidos pelos parceiros do TFA 2020 para reduzir o desmatamento em países com florestas tropicais, o TFA 2020 tem, ao longo do tempo, aumentado o número de seus membros parceiros e continua a incorporar atores-chave comprometidos com o combate ao desmatamento. Desde junho de 2015, o Secretariado da Tropical Forest Alliance está instalada nos escritórios do World Economic Forum em Genebra, com suporte financeiro dos governos dos Países Baixos, da Noruega e do Reino Unido.